Restauração em resina composta classe I com auxílio de uma matriz oclusal

Por Nova DFL em quarta-feira, 29 jun 2011

Um paciente de 22 anos, sexo masculino, apresentou-se no curso de Procedimentos Clínicos Integrados da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal Fluminense com a queixa principal de insatisfação estética e sensibilidade no dente 46. Ao exame clínico observou-se a existência de restauração de amálgama, com aspecto de infiltração e deficiência de forma (fig. 1).

Foi realizada a moldagem total dos arcos inferior e superior, utilizando um silicone por condensação (Clonage, Nova DFL) e vazado um gesso tipo IV. Após remoção do modelo, foi realizado um pequeno desgaste na região da restauração para se conseguir espaço para o futuro enceramento da anatomia oclusal (fig.2). Após realização do enceramento, o mesmo foi isolado e uma resina flow (Natural Flow, Nova DFL) lentamente despejada sobre a face oclusal e fotopolimerizada (fig. 3).

02 – Enceramento realizado.

03 – Matriz de resina Natural Flow (Nova DFL)

 

Em boca, antes da remoção da restauração, procedeu-se a escolha de cor da resina composta. Os dentes foram devidamente isolados e a restauração de amálgama removida com o auxílio de uma ponta diamantada. Após a remoção do tecido cariado, optou-se por proteger o complexo dentino-pulpar com um cimento ionomérico (Vitro Fil LC, Nova DFL) (fig. 4), seguindo as instruções do fabricante. Após a fotopolimerização do Vitro Fil LC, o dente foi condicionado com ácido fosfórico a 37% (Alpha Etch, Nova DFL) durante 15 segundos (fig. 5). Procedeu-se a remoção do ácido fosfórico com lavagem abundante, e remoção dos excessos de água com papel absorvente, sendo aplicado então o sistema adesivo conforme instruções do fabricante (Natural Bond DE, Nova DFL) (fig. 6). Após fotopolimerização do adesivo, incrementos de resina composta Dentina A2 (Natural Look, Nova DFL) foram inseridos e fotopolimerizados um a um, seguindo a anatomia oclusal. É importante salientar que esses incrementos não podem chegar a superfície oclusal onde entrará a resina translúcida (fig. 7).

 

04 – Aplicação do Vitro Fil LC (Nova DFL)

05 – Condicionamento com Alpha Etch (Nova DFL) (15s)

 

06 – Aplicação do adesivo Natural Bond DE (Nova DFL)

 

07 – Resina Natural Look (Nova DFL) de dentina inserida

 

Corantes foram utilizados para melhor caracterização do dente, amarelo no fundo do sulco oclusal e branco nas vertentes das cúspides (fig. 8). Nesse momento a matriz de resina flow será utilizada para “carimbar” a superfície oclusal. Uma resina translúcida (Natural Look Incisal, Nova DFL) foi inserida sobre a superfície oclusal, dando um précontorno (fig. 9). A matriz teve sua parte interna isolada com vaselina (fig. 10) e foi comprimida na superfície oclusal. A resina foi fotopolimerizada através da matriz e a mesma removida (fig. 11).

 

08 – Aplicação de corantes

 

09 – Resina Natural look (Nova DFL) incisal aplicada

 

10 – Isolamento da matriz Oclusal

 

11 – Matriz Oclusal posicionada e comprimida para realização da fotoativação

 

Procedeu-se o ajuste oclusal e remoção dos excessos com brocas diamantadas FF e Polidores Nova DFL (fig. 12). Após polimento com discos de feltro (fig. 13), a superfície oclusal foi condicionada com ácido fosfórico para aplicação do selante de superfície (Natural Glaze, Nova DFL) (fig. 14). Após a fotopolimerização (fig. 15), pode-se notar o resultado estético e funcional satisfatório (figs. 16 e 17).

 

12 – Acabamento com Polidores Nova DFL

 

13 – Aspecto após acabamento e polimento

 

14 – Aplicação do selante de superfície Natural Glaze (Nova DFL)

 

15 – Fotopolimerização do selante

 

16 – Aspecto final – Vista oclusal

 

17 – Aspecto final – Vista proximal

 

Raphael Monte Alto

Prof. Adjunto de Clínica Integrada – UFF

Doutor em Dentística – UERJ

 

Gustavo Oliveira dos Santos

Prof. Adjunto de Clínica Integrada – UFF

Doutor em Dentística – UERJ

 

Renata Tedesco Redon

Especialista em Prótese Dentária – UVA

Mestranda em Clínica Odontológica – UFF

 

Igor Guimarães Barros P. Santos

Aluno de Graduação em Odontologia – UFF

Bolsista PIBIC – CAPES / UFF